HOJE COmO ONTEM

Sabes ontem, como hoje, só queria ser feliz 

Sabes ontem, como hoje, não queria ser magoada 

Sabes ontem, como hoje, queria proteger o petiz 

Sabes ontem, como hoje, a princesa não devia viver fechada  


Sabes hoje, como ontem, acordei dorida 

Sabes hoje, como ontem, lamentei viver  

Sabes hoje, como ontem, chorei aturdida 

Sabes hoje, como ontem, paguei para ver  


Sabes ontem, antes d’hoje, não queria ver 

Sabes ontem, antes d’hoje, queria morrer 


Sabes hoje, depois d’ontem, despertei com querer 

Sabes hoje, depois d’ontem, pensei que é bom viver  


Sabes hoje, pelos ontem, dou um basta nisto 

Sabes hoje, pelos ontem, doo-te de bandeja 

Sabes hoje, pelos ontem, enterro-te e coloco xisto 

Sabes hoje, pelos ontem, que te leve quem quer que seja


ILia Mar